Baseado em fatos reais: Kingdom Come



Olá pessoal! Ogenki desu ka?

Eu passei aqui para deixar outra novidade no ar: o RPG open-world Kingdom Come : Deliverance. Como vocês já devem ter percebido eu sou uma grande fã de boas estórias, e o que me chamou a atenção neste game, é que ele na verdade tem uma boa história. Sim, Kingdom Come é baseado em relatos de uma história real.





Nas próprias palavras dos desenvolvedores do estúdio Warhorse, "eles querem recriar tudo da maneira mais historicamente fiel possível". Não há magia ou fantasia no game. O cenário, as roupas, as vozes, o combate... Tudo como está sendo construído deveria ter sido no reino da Boêmia, um eleitorado Sacro Império Romano, por volta do século XV. O jogo também irá conter música de época gravada por mestres checos, todas tiradas nota por nota de livros de canções medievais.

O jogo também não possui um sistema de profissões. Ao invés disso, o personagem principal apenas aprende novas coisas através do treino. Você pode ser um bardo, ladrão, guerreiro, ferreiro... Ou qualquer coisa no meio. Habilidades e status crescem e diminuem dependendo do que o jogador faz e diz através das árvores de diálogo ramificadas. Durante as conversas o tempo que um jogador tem de tomar uma decisão é limitada e terá um efeito sobre as suas relações com os outros. A reputação do personagem controlado pelo jogador será baseada em escolhas feitas por ele, e vai ter consequências. Roubar afeta a economia, dizer uma coisa errada pode causar intrigas que afetarão todo o cenário.

O jogo contará com um sistema de necessidades que fazem com que o jogador necessite dormir ou comer, a fim de se manter saudável. Equipamentos e roupas também irão degradar e precisar de reparos. Alimentos e outros itens perecíveis estragam com o tempo. E há diversas atividades e mini-games pelo jogo que permitem ao jogador suprir essas necessidades.


Designer Daniel Vavra também deixou claro que a Deliverance não será apenas mais um mapa com locais espalhados, mas mais parecido com um mundo real de vida reais. "Queremos que o nosso mundo seja o mais autêntico possível, para que tudo faça sentido. Quando alguém diz algo está longe, ele realmente vai ser muito longe, e não só 50 metros de distância dos portões da cidade."

Kindom Come é um projeto que foi erguido através de crowdfunding, com milhares de apoiadores. Embora desenvolvedores geralmente tenham que entrar em acordo com publishers para terem seus jogos em consoles, em fevereiro de 2014, Warhorse Studios recebeu permissão diretamente das mesmas para publicar Kingdom Come: Deliverance na PlayStation 4 e Xbox One. Naturalmente, ele ainda sairá para PC.

"Kingdom Come: Um ano após o Kickstarter"



Kingdom Come: Deliverance está sendo desenvolvido via CryEngine e a Warhorse planeja torná-lo open source uma fez que o game esteja completo. O lançamento é previsto para segunda metade de 2016. Você pode acessar o website oficial aqui.

Um pequeno Snippet da história do website oficial: 

O anos é 1403. A região Bohemia, localizada no coração da Europa, rica em cultura, prata e castelos que se espalham. O jogo é baseado em uma história verdadeira - uma história dos reis, herdeiros, um reino, castelos, cercos e batalhas sangrentas. O Rei está morto e seu filho mais velho Wenceslas IV torna-se o novo rei. Enfurecido, o meio-irmão de do novo rei, Sigismundo, aprisiona Wenceslas e invade o país com seu poderoso exército. Infelizmente, no meio deste caos, o seu personagem Henry sofre. O exército mercenário destrói sua casa e mata sua família, você é o único sobrevivente do banho de sangue e é aqui que o seu caminho para a redenção começa. 

Você jogaria um jogo como este? Pretende comprar? Já havia ouvido falar dele? Deixe-nos saber sua opinião.


Ammy Hideyoshi Webmaster

A louca por trás dessa bagunça toda, sempre na esperança de que seja útil para alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você não curte os posts do blog, não espame. Apenas saia. Perfis com divulgação de propagandas e butthurts serão chutados do blog. Se você concorda, fique livre para comentar. ^_^ Obrigada pela compreensão...!